soluções

think tanks do grita!

O Grita! pretende ter uma atuação abrangente e decisiva no Processo Eleitoral dos candidatos ao Poder Legislativo. Tem também como no objetivo prover seus candidatos de estudos relevantes que possam resultar em aprimoramento de Leis existentes ou até mesmo sugerir Anteprojetos de Lei. E como terceira área de suporte aos representantes eleitos, vamos incluir a Promoção (Advocacy)de Novas Tecnologias, quando elas potencialmente terão grande impacto na economia e na sociedade. 
Para cada assunto específico o Grita! organizará um pequeno grupo de especialistas no modelo de um Think Tank. Sua primeira tarefa será a produção de um de um White Paper, onde se descreve a natureza do problema apontando soluções a serem implementadas.

Áreas de estudo

Anteprojetos de Lei

TT sugerido pelo Conselho: Security Bond para contratação de obras pelo Poder Executivo.
Assunto já tratado no Parlamento mas que não vai em frente... Se vc tem qualificação para gerir um TT neste tema e é um Associado apresente seu plano.
Se vc pode promover este assunto e não é Associado, inscreva-se e envie junto sua ideia para um White Paper.

VOTO AUDITÁVEL, APURAÇÃO PÚBLICA

Nosso primeiro TT. Tratou de suprir o processo eleitoral de duas habilidades essenciais para garantia da legitimidade das eleições: votos auditáveis e apuração pública. Elas não podem ser atendidas por conta da tecnologia embarcada nas urnas atuais. O TT propõe ume evolução engenhosa, que dispensa o papel: fazer do voto um documento eletrônico registrado.

PROMOÇÃO DE NOVAS TECNOLOGIAS

TT sugerido pelo Conselho: Adoção de Impressoras 3D na Construção Civil. Se vc tem qualificação para gerir um TT neste tema e é um Associado apresente seu plano. Se vc pode promover este assunto e não é Associado, inscreva-se e envie junto sua ideia para um White Paper.
Se vc tem outra ideia para um primeiro TT nesta categoria, envie um e-mail para [email protected], assunto TT Novas Tecnologias.
  • Passe o Mouse ou Toque para Ver Mais

Voto Digital Auditável

O GRITA! foi fundado a partir da indignação de 4 engenheiros do ITA, formados em 1964, que resolveram fazer de sua indignação uma Plano de Ação de Cidadania.

Publicações

Posicionamento Associação Grita! Gestão do Processo Eleitoral

No mundo digital, 2/3 das quebras de segurança tem origem dentro das próprias organizações e 95% dos ataques cibernéticos são viabilizados por erros humanos. Trata-se da indiscutível verdade dos fatos, comprovada pelas estatísticas do mundo real. Para contornar a insegurança causada pelos técnicos que operam sistemas é que existem normas técnicas já estabelecidas, mas que não são adotadas no processo eleitoral brasileiro. Para nós, que vivemos em um mundo cada vez mais conectado, um conjunto de leis, normas e procedimentos são adotados de forma global, dentro de tratados internacionais...

ler mais

Posicionamento Associação Grita! Urnas e o Sistema Eleitoral

Nem retrocesso nem estagnação:uma terceira via para votos auditáveis nas eleições 2022 Documento aprovado pelo Conselho da Associação GRITA! nossa posição sobre Urnas e o Processo Eleitoral Auditoria independente para o resultado de eleições é tão essencial para a democracia quanto o próprio ato de votar. Empresas sérias implementam este procedimento para tranquilizar seus dirigentes, acionistas e consumidores. Não tornam as empresas mais seguras, apenas acrescentam um ingrediente essencial: transparência aos seus resultados e obrigações legais. O mesmo acontece com as urnas. São seguras!...

ler mais

Voto Impresso no Século XXI

Think Tank de Associados do GRITA! propõe uma engenhosa evolução da urna eletrônica permitindo que já em 2022 o voto seja auditável e a apuração pública – sem uso do papel Os Engenheiros do ITA Eduardo Guy de Manuel (Coordenador do TT) e Carlos Rocha (Responsável Técnico), contando com o apoio do TRE do Paraná, apresentaram ao TSE uma solução de custo mínimo para contornar duas condições que tornam frágeis a continuidade de uso das urnas com a arquitetura atual: impossibilidade de auditorias e descumprimento da regra de publicidade para o ato da apuração. A apuração, como Ato Administrativo...

ler mais
  • Baixar o White Paper

    5 + 3 =