Castelos Também Caem!

Castelos Também Caem!

A história nos mostra que todos os castelos dito impenetráveis em algum momento foram invadidos e ironicamente hoje têm seus portões abertos para que as pessoas os visitem.

Recentemente outros castelos até menos irrelevantes como as frotas de táxis, muitas deles sob domínio dos senhores políticos, acabaram sendo derrubados pela concorrência dos aplicativos.

Os taxistas fora da frota dos “senhores feudais” aderiram à nova ordem da mobilidade para serem competitivos. Temos de fato muitos castelos com reizinhos encastelados e superprotegidos.

No entanto, sempre houve guerreiros com criatividade e inventividade que invadiram os castelos. Pode parecer delírio, estes “guerreiros” existem adormecidos na grande população com armas estranhas como é o voto e existem hoje novos meios de comunicação que podem acelerar estas invasões.

Não podemos esperar que não haja reações, pois, as riquezas que estes senhores acumularam dos seus súditos irão ser utilizados contra estes guerreiros. Será que esta história pode ainda ser possível no século XXI?

As guerras com armas reais parecem que não conseguem domar mais populações por muito tempo.

Escrito por:

Roberto Heinrich
Formado no ITA Turma Ele 70
{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.singularReviewCountLabel }}
{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.pluralReviewCountLabel }}
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}

Compartilhe:

Leia Mais

UM NOVO CONGRESSO PARA CONSERTAR O BRASIL

General Santos Cruz e Jurista Modesto Carvalhosa discutem com o Presidente do Conselho do GRITA! – Luiz Esmanhoto – as alternativas para melhorar a qualidade do Congresso Nacional, a alternativa de uma nova Constituição, e do papel do Chefe do Executivo

GAZETA DO POVO Repercute o Projeto 200+

Projeto Brasil 200+Movimento quer eleger 200 deputados ficha limpa para lutar contra a corrupção O jornalista Olavo Soares, baseado em Brasília, faz uma reportagem para

O GRITA! Acredita em Somar Esforços

Reclamar, fazer passeatas, travar o bom debate, tudo isso faz parte da democracia, ainda jovem entre nós, ao menos nessa versão 1988 da nossa Constituição.

Você vota. Mas elege?

Antonio Taliberti e Betto Teixeira A eleição para vereador é tão ou mais importante do que para prefeito. As atribuições básicas dos vereadores são discutir

Mande Sua Mensagem